Please reload

Recent Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Featured Posts

Como estimar o risco do seu projeto de forma muito simples

August 16, 2017

Estimar o risco do seu projeto é algo muito útil para basicamente saber o grau do desafio que você tem pela frente.

O problema é que muitas vezes temos muito pouco tempo para tal e uma estimativa de riscos tradicional de um projeto só pode ser feita após serem realizados 3 passos: identificar os riscos, realizar a análise qualitativa e realizar a análise quantitativa dos riscos. E isso demanda tempo e é trabalhoso.

Nesse contexto, baseado na minha experiência, desenvolvi uma técnica muito simples para estimar o risco geral do projeto, sem ter que entrar no detalhe das análise qualitativas e quantitativas (que é o ideal, diga-se de passagem).

A primeira coisa é elaborar o cronograma do seu projeto.

Pode até ser um cronograma macro. O importante mesmo neste ponto é elaborar um cronograma confortável, isto é, não "apertar" ninguém com relação as estimativas de prazo. Assim, todas as estimativas serão confortáveis. Chamo esse cronograma de: "Cronograma da Alice" - uma referência ao clássico Alice no país das maravilhas.

 

Após isso, você terá a duração total do seu projeto. Agora, você deverá comparar a duração total do projeto com a restrição de prazo que o seu projeto tem.

Por exemplo:

- a duração total do projeto (cronograma da Alice) = 10 meses; e

- restrição de prazo é de 8 meses.

 

Se o “cronograma da Alice” couber na restrição de prazo que você tem: ótimo! Seu projeto, pelo menos sob o ponto de vista de prazo tende a ser bem tranquilo.

Entretanto, se o “cronograma da Alice” não couber na restrição de prazo que você tem significa: riscos à vista!, a saber:

  • Se o “cronograma da Alice” não couber por pouco na restrição de prazo = risco relacionado ao tempo é Baixo.

  • Se o “cronograma da Alice” não couber por muito na restrição de prazo = risco relacionado ao tempo é Alto.

  • Se o “cronograma da Alice” não couber por pouco, nem por muito na restrição de prazo = risco relacionado ao tempo é Moderado.

 

Em resumo, esta técnica do “Cronograma da Alice” serve para você ter uma prévia dos riscos do seu projeto, relacionados ao tempo, sem nem mesmo entrar nos detalhes do gerenciamento de riscos.

 

É isso! Sucesso!

Que tal aproveitar para ver outros artigos relacionados a cronograma?

Se você quiser saber quais são os tipos de cronogramas que existem, clique aqui.

Se você quiser saber como elaborar um cronograma em 4 passos, clique aqui.

Se você gostou desse artigo: compartilhe. É só clicar no botão mais abaixo. Também ficarei muito feliz em ouvir a sua opinião.

 

Abs e sucesso sempre!

 

WL

 

Ps: 

Se você quiser citar esse artigo ou parte dele em seu trabalho acadêmico basta copiar a referência a seguir: RIBEIRO, Wankes L. Como estimar o risco do seu projeto de forma muito simples. Disponível em: http://www.wankesleandro.com/ Acesso em dd/mm/aaaa.

 

 

 

Share on Facebook